Eliel
Mendes
Eliel
Mendes
Brasília, Cidade do meu amor
 
 
 
Início  Contato
 
Untitled Document
  Início
  Notícias
  Propostas/Publicações
  Comitês
  Agenda
  Receba o Boletim
  Pedido de Material/Sugestões
  Voluntários
  Prestação de Contas
(Demonstrativo)
  Galeria de Fotos
  Área Restrita
   
   
   

 
BRASÍLIA NO CAMINHO CERTO



O futuro de Brasília passa por pessoas que não são meramente pessoas, mas personalidades que têm amor e compromisso com a história de Brasília.

Personalidades como ELIEL MENDES, defensor apaixonado de Brasília, servidor público federal, presbítero evangélico prestigiado por pastores e líderes, escritor e mentor de vários projetos enquanto assessor parlamentar.

"Elegi Brasília como minha cidade logo que aqui cheguei, pelo fato de Brasília ser imponente na beleza, tranqüila na convivência, simpática nas relações e próspera em seu desenvolvimento."


De uma terra desconhecida e longínqua veio Eliel de Sousa Mendes nascido em 01 de janeiro de 1960. O Brasil ainda tem desses contrastes em pleno século XXI.
Numa era onde se possível ligar as partes do mundo sem sair de casa, existe cidade sem expressão política no contexto brasileiro. Talvez Inhuma, um nome estranho, mais estranho ainda é seu verdadeiro nome ña’um>>anhuma>>, que em tupi significa “ave preta”, seja mais uma cidade de nosso rico solo brasileiro perdida no mapa do Piauí, só salva porque está próxima a Valença do Piauí, terra que já deu ao país Ministros e influentes políticos da safra piauiense.

Que vem fazer um cidadão de Inhuma em Brasília? É o mesmo que perguntar: que vai fazer um brasileiro nos Estados Unidos? Oportunidade? Sobrevivência? Esquecimento? Desgosto? Mundo novo? Eliel Mendes não saiu por desgosto de seu torrão nem pra esquecer sua gleba. Também ele não é brasileiro que entrega facilmente os pontos! Se uma coisa orgulha Eliel Mendes é o fato de ser cabra do Piauí. As razões parece serem outras, com certeza bem nobres.

Em 1980, Eliel Mendes chegou a Brasília para fazer companhia a sua irmã, Maria de Jesus, e com o propósito de trazer os outros membros de sua família: a mãe Antônia e os manos Rivaldo, Josué, Etni e Hélio e posteriormente, o mano Francisco de Assis, que até então morava no Estado da Bahia. Estamos todos no coração do Brasil, cada um vivendo intensamente a sua vida justa, honesta e prosperamente.
Eliel Mendes tem uma capacidade política, na verdadeira acepção da palavra, porque sempre precisou administrar a casa dos Mendes como irmão mais velho.

Hoje Eliel Mendes tem mais uma pretensão. É o nome forte, no meio evangélico, para disputar uma vaga na Câmara Distrital, nas eleições de 1º de outubro. Um jovem político promissor que defende causas justas no campo da ética, da integridade, da dignidade da pessoa humana, com metas reais.
Se conseguir atingir as metas alinhavadas, Eliel Mendes dará por satisfeita sua atuação parlamentar. Vale a pena conferir. Vamos investir em Eliel Mendes 2006.

Currículo simplificado

Presbítero, escritor, suplente de Deputado Federal, Coordenador-Geral de Execução Orçamentária e Financeira do Ministério da Integração Nacional, formado em Direito e Pós-graduado em Direito Público, Rádialista Profissional, e Técnico em Orçamento Público.

Eliel Mendes é um homem de notório conhecimento político e de relevantes serviços prestados ao poder público. Ao longo de seus 26 anos de Brasília, esse piauiense de Inhuma, nascido em 1º de janeiro de 1960, desempenhou várias funções, dentre elas: Chefe do Serviço de Apoio Administrativo do Escritório Regional da SUDAM, Chefe de Divisão da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Ministério da Integração Regional e Assessor Parlamentar, na Câmara Legislativa do Distrito Federal de 1995 a 1998 e Coordenador-Geral de Execução Orçamentária e FInanceira do Ministério da Integração Nacional, a convite do Ministro Ciro Gomes, ocupando o cargo por quase quatro anos.

Enquanto funcionário público federal, Eliel Mendes tem-se tornado especialista respeitado em orçamento público, sendo consultado freqüentemente por governadores, senadores, deputados, prefeitos e gestores públicos sobre a condução e liberação de rubricas para ações e projetos governamentais. Na vida política aparece em 1986 coordenando a campanha de candidato a Deputado Federal, ajudando, dessa forma, a consolidar a autonomia política do Distrito Federal, com a eleição dos primeiros oito Deputados Federais e os três Senadores da República; em 1990, candidata-se a uma das vinte e quatro vagas da Câmara Legislativa e, em 1994, declina de nova candidatura em favor do Deputado Distrital Peniel Pacheco; em 1998, surge como surpresa nas eleições, conseguindo, com grande esforço, 6.441 votos, e tornando-se o 5o Suplente de Deputado Federal, pela coligação 24 Horas.

Em 2002, novamente candidato a Deputado Federal, obteve uma votação de 8.263 votos, sendo o mais votado de sua coligação. Como assessor parlamentar, Eliel Mendes foi idealizador de inúmeros projetos de lei que, mais tarde, se transformaram em leis e que estão em pleno vigor no Distrito Federal, contribuindo também para a revisão da Lei Orgânica do DF, por meio de projetos de emendas, com aprovação de, pelo menos, três deles.
Parecendo saga dos bons piauienses, Eliel Mendes é um estudante e pesquisador curioso, tendo participado de cursos, seminários e palestras sobre vários temas, dentre eles: Relações Internacionais, Constituinte e Constituição (UnB); Tradução-Lingüística e Comunicações (SBB); Assembléia Nacional Constituinte, Poder Judiciário (Câmara dos Deputados); Nova República, Temas Constitucionais, Novo Estatuto dos Funcionários Públicos Civis da União (Senado Federal); Sistema Integrado de Administração Financeira, Crédito Rural, Orçamento Público, Lei de Responsabilidade Fiscal (SIAFI-ESAF/ENAF/FGV); Comunicação em Radiodifusão (SENAC); Processo Legislativo da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Direito Constitucional (CLDF).

Foi ainda presidente da comissão julgadora local do concurso nacional de monografia sobre o “Cinqüentenário de Proclamação do Estado de Israel”, com participação da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Câmara dos Deputados, Confederação Israelita do Brasil (CONIB), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Conselho de Pastores do Distrito Federal (COPEV), Embaixada de Israel, Grupo Parlamentar Brasil-Israel e Movimento Cristão do Brasil. Em sua trajetória religiosa, Eliel Mendes é autor de vários textos publicados nos periódicos cristãos, mentor de diversos projetos sociais e co-responsável pelo título de Utilidade Pública, dado a algumas entidades religiosas. Na igreja, é presbítero, colaborador do ministério e apresentador do programa “Portas Abertas”, na Rádio 92,9 FM, programa da Igreja Evangélica Assembléia de Deus da Quadra 15, em Sobradinho – DF.


www.elielmendes.com - elielmendes@elielmendes.com
 
   Desenvolvido porSite da WebNewWay